30 março, 2006


BONNIE & CLYDE

Somos cumplices, mocinha! Faz tempo que estamos tramando, premeditando o assassinato da Saudade. Já escolhemos a arma do crime e vamos matar a vadia com requintes de docilidade. Enterraremos seu corpo esquartejado ao longo da rodovia, um pedaço em cada cidade. Quando não sobrar um só traço da malvada, nos entregaremos, confessaremos tudo sob ternura, assinaremos a confissão, ouviremos do juiz a nossa merecida sentença e cumpriremos em regime domiciliar, nossa plena e perpetua felicidade.

8 comentários:

li disse...

#)

ai como eu queria. ter vivido esse anos dourados e que você me aguentasse num braço só.

li disse...

perdi 700g, te contei? é o começo de toda segurança numa mulher.

grilo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
grilo disse...

Era bom alguém matar a danada. Já fui casada com ela, hj ela é só minha ex.mulher.

lanusse disse...

E ainda tem gente que complica...

Abs!

Falcão disse...

Apareci por aqui por acaso, de blog em blog... é impressão minha ou tu tá inspirado pra caralho?!

Bom velho, muito bom.

Deu saudade das biritas filosóficas (com fofocagem de comadres a parte).

Abração

Anônimo disse...

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

LC disse...

Eita danado...
Botou pra arrombar agora.
Vou roubar depois e botar no Ctrl+Shift+f11