13 dezembro, 2005



ALFORRIA DAS CORES
Dou-te uma caixa com 36 cores, da que tu sempre quisestes ou com 36 lápis azul-cobalto, que é do jeito que tu gostas. Dou-te até minha ausência de cor, meu cotoco de lápis preto preferido, que é pra fazeres as luzes, as sombras e as profundidades. Dou-te até o prazer inalienável de poder colorir do lado de fora das linhas pontilhadas.

Ps. Mais uma imagem subtraida do Getty Images e mais um gostinho do "Inexperiências Poéticas".

2 comentários:

eliza disse...

esse texto me lembra de uma caixa de 36 cores que eu ganhei uma vez na infância. é claro que eu só usava os lápis azuis. e é claro que eles ficavam só o cotoco. e imagina quando eu os queria de volta; inclinava a caixa e 'derramava' tudo. (sim, eu fiz questão de mencionar essa palavra pra te dar aquele sorriso de canto.)

no mais eu conheço muitas cores além hoje. veja só o que a vida me fez. estou usando rosa xoc e adorando uma certa tarja preta.
|*

Alex Camilo disse...

Desse jeito tu me faz entornar...